×

Löw revela que Boateng, Hummels e Müller não defenderão mais a Alemanha

por Rodrigo


Postado em 06 March 2019 as 14:02 Horas



Depois de amargar vexames na Copa do Mundo e na Liga das Nações, a Alemanha anunciou que os experientes Jerome Boateng, Mats Hummels e Thomas Müller não irão mais defender a seleção germânica. A aposentadoria forçada do trio foi feita por meio de uma reunião do treinador Joachim Löw e os jogadores em questão. 

“Agradeço a Hummels, Boateng e Müller pelos bem sucedidos, extraordinários e anos únicos que dividimos. Agora é hora de acertar o curso para o futuro. Queremos dar à equipe um novo visual. Estou convencido de que esse é o passo certo”, disse Löw, no cargo desde 2006 e com o contrato em vigor até 2022, complementando:

“Os mais jovens que chegam terão espaço que precisam para crescer. Agora é com eles assumir a responsabilidade.”

O anúncio aconteceu por meio de um breve comunicado no site da Federação Alemã de Futebol. “É um novo começo em 2019 para a seleção alemã. Foi importante explicar pessoalmente a minha decisão para os jogadores e a diretoria do Bayern”, disse Löw.

Aos 29 anos, Thomas Müller chegou a 100 partidas pela seleção. Fez 38 gols, sendo 10 em Copas do Mundo. No entanto, o jogador não terá a chance de poder brigar com o compatriota Miroslav Klose como maior artilheiro da história das Copas. Klose é o detentor deste recorde, com 16 gols.

Boateng e Hummels têm 30 anos e defenderam a Alemanha em 74 e 70 partidas, respectivamente. Eles já vinham defendendo as cores da Alemanha ao longo desta década com muita regularidade.

Compartilhe:


Card image cap
Rodrigo
Editor

Quando você ouve que o futebol vai além do que se vê é porque existem pessoas como esse cara. Rodrigão é nosso Guardiola. Acorda, come, vive e respira futebol europeu. Com passagens pelo Grupo Bandeirantes, vem dele a maioria das matérias especiais que você lê por aqui. Ah! Os trocadilhos infames também.

INSTAGRAM (Siga-nos)

@sejacampeones