×
90 segundos de leitura

Campeã com um elenco jovem, França tem base consolidada para fazer bonito no Catar

por Redação


Postado em 18 July 2018 as 03:03 Horas



Com uma média de idade de 25,8 anos, a França mostrou maturidade, um jogo pragmático e com eficiência ofensiva para conquistar o bicampeonato mundial após vencer a Croácia por 4 a 2, no último domingo, em Moscou.

O mais importante desta conquista é que a grande maioria dos jogadores campeões em 2018 estarão no Catar. Nomes como de Pavard, Varane, Umtiti, Lucas Hernandez, Kanté, Pogba, Griezmann, Mbappé, Dembélé e entre outros estarão no próximo torneio mundial e com toda a pompa de poder brigar por nova conquista.

Além da juventude, a maturidade também foi o grande fator para que a França conquistasse este título na Rússia. Depois de um fracasso na Copa do Mundo de 2014, apenas seis jogadores que estiveram na Copa passada estavam nesta edição do torneio.

O responsável por essa mudança foi Didier Deschamps. Depois da frustração de perder a Euro 2016 em casa para os portugueses, o time foi trabalhando forte e mesmo com o treinador bancando ausências de jogadores importantes como Rabiot, Lacazette e Martial, o elenco ganhou força, não sofreu nas partidas e conquistou a Copa do Mundo.

“Estou muito feliz pelos jogadores. Mbappé, por exemplo, tem só 19 anos. Espero que ele seja campeão novamente, mas me lembro que em 98 Trezeguet e Henry tinham só 19 anos e não puderam ser campeões outra vez. Minha maior felicidade é poder ver esses jogadores campeões”. celebrou o técnico citando o atacante do PSG, mais jovem da equipe.

Mbappé é o grande exemplo de juventude deste time. Com apenas 19 anos, mas jogando como se fosse um atleta experiente, ele foi o grande pilar do ataque ao lado de Griezmann com quatro gols na Copa e sai do Mundial em alta e com pinta de estrela mundial. O fato de ele ser jovem e campeão tão cedo de uma Copa, levanta a lebre de quanto ele ainda poderá conquistar com a França, tendo ainda mais três Copas do Mundo pela frente.

Os laterais Pavard e Hernández também são outros jovens jogadores que a Copa do Mundo revelou para o Mundo. Com a França, os jogadores deixaram Sidibe e Mendy no banco e não fizeram feio. Foram os principais jogadores da posição na Copa e saem valorizados demais e em busca de uma consolidação ainda mais contundente em seus respectivos clubes.

Dos mais experientes do time, como o goleiro Lloris, o meia Matuidi e o atacante Giroud, o trio dificilmente deve estar na próxima Copa por terem mais de 30 anos de idade. Lloris, por exemplo estará com 35 na próxima Copa, enquanto Matuidi também terá 35 e Giroud, 36 anos.

De resto, todo o elenco francês terá menos de 30 anos na próxima Copa e com muita sede em busca de mais uma conquista.

Agora, ficaremos de olho no ciclo da Euro e da Copa do Mundo para saber até onde esse time francês pode ir. Porém, as chances de sucesso seguem muito altas.

A idade do time francês campeão do mundo na Copa do Catar:

Lloris: 35
Pavard: 26
Varane: 29
Umtiti: 29
Hernandez: 26
Kanté: 31
Pogba: 29
Matuidi: 35
Mbappé: 23
Griezmann: 31
Giroud: 36

Reservas: Dembélé (25 anos), Kimpembé e Lemar (26), Mendy e Tolisso (27), Fekir (28) e Thauvin (29).

 

Compartilhe: