×
90 segundos de leitura

Campeonato Italiano começa com a Juventus em busca do nono título seguido

por Rodrigo


Postado em 24 August 2019 as 11:11 Horas



O Campeonato Italiano está de volta e com o mesmo cenário de anos anteriores. A Juventus reforçada vem como forte favorita em busca do nono título seguido na competição. Aliás, a Juve vai em busca de uma façanha no futebol italiano que ninguém conseguiu. Nunca, na história, um clube venceu o torneio nove vezes consecutivas. 

Por outro lado, a Juventus terá rivais mais reforçados que anos anteriores. A Inter de Milão e o Napoli aparecem como possíveis rivais que podem atrapalhar os planos do enea da Velha Senhora. 

Agora, se analisarmos o lado da Juventus, o clube italiano trouxe o zagueiro De Ligt, além de Ramsey, Danilo, Rabiot, Pellegrini, Christian Romero, além do goleiro Buffon que está de volta depois de uma temporada jogando no PSG. O investimento da Juve foi bem pesado, já que o foco não é só o Italiano, e sim encerrar o jejum de 23 anos sem vencer a Liga dos Campeões. 

Esses reforços se juntam a Cristiano Ronaldo, que será o grande protagonista novamente da equipe e principal condutor do time bianconero ao sucesso. A equipe precisará e muito dos gols do camisa 7 para sonhar com títulos na temporada. 

Além dos reforços, a Juventus tem um novo comando. O italiano Maurizio Sarri, campeão da Europa League com o Chelsea na temporada passada, chegou para ser o sucessor de Massimiliano Allegri, que marcou época com vários títulos nacionais, mas fracassou no sonho de erguer a Champions. 

INTER E NAPOLI TENTARAM AMEAÇAR A HEGEMONIA DA JUVE

Por conta dos investimentos em reforços, Inter de Milão e Napoli aparecem como possíveis rivais diretos para derrubar a hegemonia da Juventus. O Napoli tem sido a equipe que mais tem chegado perto da Juve nos últimos anos, mas ainda não conseguiu derrubar a Velha Senhora do topo. A Inter de Milão, apesar dos investimentos de anos anteriores, ainda não mostrou ser um time capaz de brigar ponto a ponto pelo título, mas nesta temporada o cenário pode mudar. 

O Napoli investiu 128 milhões de euros em reforços na temporada. O atleta de mais destaque que chegou foi o atacante Hirving Lozano, do PSV. Ele é a maior contratação da história do clube, que investiu 42 milhões de euros. O zagueiro Manolas, da Roma, é outro nome de peso que vem para reforçar a zaga do time italiano. Foram 36 milhões de euros investidos no grego. 

Além dos reforços, o time ainda conta com o comando do experiente Carlo Ancelotti. Multicampeão, o treinador italiano tem o know-how para levar o Napoli ao topo. A expectativa é muito boa para que a equipe azul celeste tenha sucesso. Para isso, a base está mantida, principalmente com as permanências de Zielinski, Milik e Insigne. 

Do lado da Inter, o investimento também foi grande para a temporada. Agora, sob o comando de Antonio Conte, a equipe nerazurri promete vir mais forte que anos anteriores. Foram 155 milhões de euros em reforços, sendo que o principal nome que chegou foi Romelu Lukaku, que custou 65 milhões de euros. Além disso, vieram o experiente zagueiro Diego Godín e o jovem e promissor meia-atacante Nicolo Barella. 

Com um elenco mais reforçado e com a experiência de Antonio Conte, a Inter de Milão pode sonhar com conquistas na temporada. O único problema atual do elenco é o atacante Mauro Icardi, que está fora dos planos do clube e ainda pode sair até o final da janela de transferências. 

MILAN E ROMA MAS SEM NENHUM TIPO DE ALARDE 

Diferente dos outros três clubes que falamos, o Milan e a Roma estão em outro patamar. Com reforços mais modestos, o Milan segue a sua reconstrução de forma lenta e apostando em jovens jogadores. 

Atualmente, o destaque do time é o atacante Piatek, vice-artilheiro do Calcio na temporada passada. Agora, as apostas seguem sendo em Lucas Paquetá e Léo Duarte. Chegou também o jovem atacante Rafael Leão para dar uma reforçada no ataque. Theo Hernández foi outro que chegou para ajudar no sistema defensivo, mas de resto o elenco segue com os mesmos nomes da temporada passada, entre eles: Suso, Calhanoglu, Bonaventura, Kessie, Donnarumma, Romagnolli, Ricardo Rodríguez, Laxalt e entre outros, agora sob o comando de Marco Giampaolo. 

Sobre a Roma, o time perdeu nomes importantes como Manolas, El Sharaawy e Pellegrini. Por outro lado, o clube conseguiu manter Dzeko no elenco com um novo contrato, além de ter contratado nomes como Zappacosta, Spinazzola e Diawara. Houve também mudança no comando técnico com a chegada de Paulo Fonseca, que foi multicampeão no comando do Shakhtar Donetsk. 

OS PRINCIPAIS JOGOS DA PRIMEIRA RODADA DO TORNEIO: 

Sábado: Parma x Juventus - 13h / Fiorentina x Napoli - 15h45

Domingo: Udinese x Milan - 13h / Roma x Genoa - 15h45

Segunda: Inter x Lecce - 15h45 

 
 
 

Compartilhe: