Champions League pode voltar sem VAR e UEFA continua estudando soluções para não prejudicar os times

Ainda sem data confirmada para um retorno da Champions League, a UEFA estuda se poderá usar a utilização do VAR nas partidas decisivas da competição internacional.

Ainda sem data confirmada para um retorno da Champions League, a UEFA estuda também a utilização do VAR nas partidas decisivas da competição internacional.

 

O auxílio da arbitragem de vídeo pode ficar de fora das partidas da Champions por causa do combate ao coronavírus. Existe uma preocupação da entidade principalmente pela sala do VAR, em que ficam cerca de cinco  pessoas em um pequeno espaço por cerca de duas horas.

 

A entidade máxima do futebol europeu estuda soluções para o caso. Colocar telas de acrílico para dividir os árbitros de vídeo é uma possibilidade.

 

A Champions League está suspensa há cerca de um mês e não tem previsão para retorno. Existe a possibilidade do torneio retornar em agosto, mas a UEFA ainda não se manifestou sobre o assunto.

 

Quatro times estão garantidos nas quartas de finais do torneio. São eles: PSG, Atlético de Madrid, RB Leipzig e Atalanta. Outras oito equipes ainda estão nas oitavas de finais e buscam um lugar nas quartas, sendo eles: Manchester City, Real Madrid, Bayern, Chelsea, Juventus, Lyon, Barcelona e Napoli.