×
90 segundos de leitura

Chelsea x Arsenal farão o duelo final da Europa League nesta quarta

por Rodrigo


Postado em 28 May 2019 as 17:05 Horas



O dia da grande final da Europa League chegou. Nesta quarta-feira, às 16h, em Baku, Chelsea e Arsenal farão a decisão do torneio europeu desta temporada, em uma partida que promete ser bastante disputada. Ambos os times jogarão tudo para encerrar com uma conquista importante nesta temporada europeia.

 

O Chelsea foi campeão da competição na temporada 2013/13 e quer repetir a dose nesta temporada com uma nova conquista. Já o Arsenal, quer a sua primeira conquista da Liga Europa em sua história apesar de ter vencido uma competição continental em 1970.

 

De volta a uma final europeia desde 2006, quando perdeu a final da Liga dos Campeões para o Barcelona, o Arsenal quer coroar a temporada com uma nova conquista. O treinador Unai Emery é o grande trunfo dos Gunners, pois o espanhol foi tricampeão do torneio com o Sevilla.

 

Além disso, o Arsenal vê o título da Europa League como uma chance única de estar na próxima edição da Liga dos Campeões. Por outro lado, o Chelsea quer dar a primeira conquista na carreira de Maurizio Sarri, que apesar de experiente, nunca ganhou um título.

 

Falando em Sarri, o treinador prevê uma disputa muito aberta contra o Arsenal nesta quarta-feira. Ele destacou que o título coroará a sua primeira temporada com o Chelsea, que foi nada fácil.

 

“Normalmente contra o Arsenal, é um jogo aberto. Eles têm dois atacantes muito perigosos (Lacazette e Aubameyang). Eles são muito perigosos na fase ofensiva. Eles são agressivos e capazes de pressionar bem na saída de bola, então não é fácil jogar contra eles. Nós não queríamos jogar esta final para ir para a Liga dos Campeões. A final é muito importante para nós, e nosso sentimento é que merecemos ganhar um troféu nesta temporada”, disse.

 

Já do lado do Arsenal, o treinador Unai Emery pode se tornar o treinador mais vitorioso da história da Europa League. Ele cobrou o máximo de foco e atenção dos atletas para este grande duelo entre rivais.

 

“A primeira coisa que tive de transmitir aos jogadores nesta temporada é que queremos todas as competições. Quando começamos a jogar nos primeiros jogos da Liga Europa, alguns jogadores preferiram jogar a Premier League. Tudo bem, mas eu que vou decidir quando vão descansar ou não. Não quero que você pense que não jogará nas primeiras rodadas e, no entanto, quando chegarmos à semifinal ou à final, você me diz: "Estou aqui para jogar". Durante toda a temporada, a abordagem desta competição tem sido de foco total, ambição de fazer algo importante para sentir essa competição como nós queremos”, destacou.

 

 

JOGO PROMETE SER OFENSIVO

 

O Chelsea tem como grande trunfo o meia-atacante Eden Hazard. O belga está na mira do Real Madrid e tem tudo para fazer seu jogo de despedida do Chelsea nesta quarta-feira. Ele é a esperança de gols e de sucesso do time na decisão, por ser a maior referência técnica do elenco. Olivier Giroud, artilheiro do torneio, com 10 gols, também é a grande esperança de bolas na rede para o Chelsea.

 

O único desfalque importante do time é o meia Loftus-Cheek, que sofreu uma lesão em um jogo amistoso nos Estados Unidos, na semana retrasada. Kanté é dúvida para o jogo, apesar de ter treinado com o time.

 

 

Do lado do Arsenal, as esperanças de gols estão nos atacantes Aubameyang e Lacazette. Os jogadores têm sido os destaques do time do Arsenal na temporada. Aubameyang vem embalado por ter sido artilheiro da Premier League ao lado de Mané e Salah. Com 8 gols, Aubameyang é o grande nome do Arsenal na Europa League.

 

Sobre desfalques, o mais sentido é o do meia Mkhitaryan, que optou por não fazer parte do elenco na final em Baku por conta da crise diplomática entre a Armênia, país de origem do atleta, e o Azerbaijão, local da decisão do torneio.

 

Por fim, o jogo também será marcado por despedidas. Do lado do Arsenal, o experiente goleiro Petr Cech vai se aposentar aos 37 anos de idade, justamente jogando uma final contra seu ex-clube. Do lado dos Blues, o zagueiro Gary Cahill deixará de integrar o elenco ao final da temporada, mas não irá se aposentar.

 

 

PROVÁVEIS ESCALAÇÕES

 

Chelsea: Kepa; Azpilicueta, Christensen, David Luiz, Alonso; Kanté/Kovacic, Jorginho, Barkley; Pedro, Giroud, Hazard. Técnico: Maurizio Sarri.

 

Arsenal: Cech; Kolasinac, Koscielny, Sokratis, Mustafi, Maitland-Niles; Xhaka, Torreira; Aubameyang, Özil; Lacazette. Técnico: Unai Emery.

 

 

Compartilhe: