×
90 segundos de leitura

Goleada diante do Bayern escancara a crise no Tottenham

por Rodrigo


Postado em 02 October 2019 as 21:09 Horas



A situação do Tottenham neste começo de temporada é preocupante. Depois de ter disputado a final da última edição da Champions League sendo derrotado pelo Liverpool, a ressaca após o vice-campeonato europeu parece não ter mais fim pelos lados do norte de Londres. Isso ficou evidenciado após o Tottenham ser massacrado pelo Bayern de Munique, em casa, por 7 a 2, na segunda rodada da fase de grupos da Champions. 

O atropelo do Bayern ligou o sinal de alerta no Tottenham, que também faz péssima campanha na Premier League. A equipe soma 11 pontos, 10 atrás do líder Liverpool. Isso faz pensar que nem mesmo o torcedor mais otimista do Tottenham acredita em uma disputa pelo título inglês, que não vem desde 1961. 

A situação do time ainda fica pior pelo fato da eliminação precoce e desapontante na Copa da Liga Inglesa para o modesto Colchester, da segunda divisão. Por isso, o temor por uma nova temporada sem títulos atormenta não só a torcida, mas também a diretoria que voltou a investir em reforços depois de um ano e meio. 

Outra questão que também preocupa é o elenco do Tottenham. Ao menos três jogadores importantes do atual elenco ficarão sem contrato até o final da atual temporada. Nomes como Eriksen, Alderweireld e Verthonghen devem sair e a situação não é nada boa para os jogadores e também para o clube. 

Eriksen, que tem sido um dos principais meias do time nos últimos anos, quer sair e analisa possibilidades. Além disso, os reforços contratados ainda não justificaram o investimento, tirando Ndonbele, que tem feito boas partidas, mas Sessegnon e Lo Celso, lesionados ainda não mostraram serviço. 

Outro ponto que podemos destacar para essa crise do Tottenham é a falta de um lateral-direito de confiança. Com a saída de Trippier para o Atlético de Madrid, Pochettino tem tentado improvisar Davinson Sánchez, que é zagueiro de origem, mas não convenceu na nova posição. Nem mesmo o jovem Walker-Peters agradou. 

Agora, o mais importante que aparenta neste momento no Tottenham é o fato de que chegar à final da última Champions League foi como se fosse atingir o ápice do projeto de Pochettino no clube inglês. No entanto, parece que esse projeto não apresenta uma nova cara para que o clube possa brigar por títulos. Um exemplo disso é o fato que o time vem comentendo erros tolos de antigamente, quando o Tottenham era apenas um mero figurante entre os gigantes clubes ingleses e de outros times europeus.

Convivendo com alguns desgastes de jogadores antigos no elenco, Pochettino terá um longo trabalho pela frente para motivar seus atletas após levar um 7 a 2 humilhante para o Bayern. Talvez alguns jogadores chegaram ao fim da linha no clube. Isso, quem sabe, pode abrir novas chances para aqueles que estão motivados. Porém, o treinador precisará de resultados positivos, pois se a situação seguir desta forma, a tendência é que Pochettino dê adeus ao Tottenham sem conquistar um título sequer, apesar de um bom trabalho como um todo. 

Compartilhe:


Card image cap
Rodrigo
Editor

Quando você ouve que o futebol vai além do que se vê é porque existem pessoas como esse cara. Rodrigão é nosso Guardiola. Acorda, come, vive e respira futebol europeu. Com passagens pelo Grupo Bandeirantes, vem dele a maioria das matérias especiais que você lê por aqui. Ah! Os trocadilhos infames também.

INSTAGRAM (Siga-nos)