×
90 segundos de leitura

Hamburgo se complica na 2ª divisão e vê o acesso ameaçado a três rodadas do fim da temporada

por Mohamed


Postado em 29 April 2019 as 14:02 Horas



Um fim de temporada que tinha tudo para ser tranquilo para o Hamburgo não será. Os Dinossauros, que estavam com o acesso à Bundesliga encaminhado, vem se complicando rodada a rodada na segunda divisão alemã e podem permanecer mais um ano fora da elite.

A equipe havia começado a 2. Bundesliga como uma das grandes favoritas ao acesso e ao título, e vinha fazendo juz ao status que tinha.

No fim do ano passado, o Hamburgo chegou a engatar uma sequência de 11 jogos de invencibilidade na segunda divisão, que o colocou na briga pelas primeiras posições e que deu uma impressão de que o fim de temporada seria tranquilo.

Momento conturbado

Entretanto, uma série de resultados negativos fizeram com que o Hamburgo perdesse posições e chegasse ao último mês da temporada correndo riscos de não subir.

A última vitória ocorreu em 10 de março, quando a equipe venceu o St Pauli por 4 a 0, fora de casa.

De lá para cá, foram seis jogos pela 2. Bundesliga com três empates e três derrotas.

No último domingo, a equipe perdeu um confronto direto para o Union Berlim, que ultrapassou os Dinos na tabela de classificação.

E com a vitória do Paderborn, outro concorrente do Hamburgo, a equipe do Norte caiu da vice-liderança para a quarta colocação, fora até mesmo do duelo dos playoffs contra o 16º da primeira divisão.

Restam apenas três rodadas para o término da 2. Bundesliga e o Hamburgo está em 4º com a mesma pontuação do 3º colocado, o Union Berlin, e com um a menos que o vice-líder Paderborn.

Sequência difícil

Nas próximas rodadas, os Dinos terão jogos complicados.

Primeiro, recebe o Ingolstadt, que está na zona de rebaixamento para a terceira divisão, mas que vem de uma crescente na temporada.

Depois, fará um confronto que pode decidir um acesso, contra o Paderborn, fora de casa.

Fechando a temporada, recebe o Duisburg, atual lanterna e virtualmente rebaixado.

Compartilhe: