Kevin De Bruyne deixa seu futuro em aberto caso Manchester City seja punido pela UEFA e fique fora da Champions

O jogador admitiu que ficar dois anos sem jogar a Champions League é muito tempo e que irá pensar sobre o seu futuro assim que o City tiver o resultado na Corte Arbitral do Esporte.

O fato do Manchester City ter sido punido pela UEFA de não poder jogar a Champions League pelos próximos dois anos, pode causar um enorme problema ao clube. Enquanto o clube inglês tenta recorrer ao CAS (Corte Arbitral do Esporte) para voltar ter a chance de disputar Champions na próxima temporada, o clube convive com especulações sobre saída de jogadores.

Kevin De Bruyne, um dos principais jogadores do atual elenco dos Citizens, pode deixar o Manchester City, caso o clube não consiga se livrar da punição da UEFA. O jogador admitiu que ficar dois anos sem jogar a Champions League é muito tempo e que irá pensar sobre o seu futuro assim que o City tiver o resultado na Corte Arbitral do Esporte.

De Bruyne é considerado uma das principais estrelas do futebol europeu na atualidade. Aos 28 anos e vivendo grande fase, o jogador vem sendo assediado por clubes europeus. O nome mais recente foi o do Real Madrid, clube no qual atual seus compatriotas Courtois e Eden Hazard.

 

 

Mesmo assim, De Bruyne tem contrato longo com o City. O belga tem vínculo com a equipe de Manchester até junho de 2023. O elevado tempo de contrato do jogador faz com que os clubes tenham que investir pesado para tirá-lo da Inglaterra.

Uma das questões que pode atrapalhar também a sequência de alguns jogadores importantes no City é uma possível especulação sobre o futuro de Pep Guardiola. O treinador tem mais um ano de contrato, mas devido aos problemas do City com a UEFA, pode acontecer de o treinador sair, apesar de o próprio já ter garantido que não irá deixar o clube.

O City vive um momento de incertezas nesse momento. O Campeonato Inglês está paralisado por conta da pandemia de Coronavírus, mas chances de título na Premier League é praticamente zero devido, já que o líder Liverpool é o líder isolado e com 25 pontos de frente ao segundo colocado, que é o Manchester City.

Nesta temporada, o foco do City é a Champions League. O time venceu o Real no jogo de ida das oitavas de finais, fora de casa, por 2 a 1, e ainda terá que decidir na Inglaterra a sua vaga para as quartas de finais. Essa é a chance de ouro de os Citizens venceram a Champions em meio ao cenário de incertezas.