Liverpool, Arsenal, City, Inter e Roma começam a usar Inteligência Artificial para tomarem melhores decisões dentro e fora dos gramados

O serviço de "Inteligência Artificial" para os clubes chega o intuito de avaliar vídeos, estatísticas e apoiar decisões, inclusive táticas, através de dados.

Desde maio deste ano, a Acronis, fundada em 2003 por Serguei Beloussov, empresa originalmente focada em cibersegurança, vem conseguindo vender seus serviços para grandes clubes Europeus como: Arsenal, Liverpool, Manchester City, Inter de Milão, Roma e Ajax

Além de proteção de dados, a empresa passou a oferecer o serviço de "Inteligência Artificial" com o intuito de avaliar vídeos, estatísticas e apoiar decisões, inclusive táticas, através de dados. 

"Você pode coletar as sessões de treinamento (vídeos), analisá-las automaticamente e oferecer aconselhamento específico para cada jogador, por exemplo, treinar mais a perna direita, a perna esquerda, o treino de corrida, a precisão do passe e ajudar na recuperação de lesões", disse Beloussov à Wired UK. 

Mais: a tecnologia também prospecta jovens talentos, algo MUITO desejado pelos clubes europeus na atualidade. 

A Acronis afirma ter nada menos que 225 ideias de aplicações de I.A. para os clubes.

Os valores e a duração do acordo não foram divulgados, mas a ferramenta está preparada para ajudar também em decisões de fora de campo, como sugestão de oferta de tempo de contrato para um novo jogador contratado. 

“O futebol é um esporte em constante evolução, e entramos em uma era na qual estamos mais dependentes do que nunca de dados para fazer escolhas que se mostram bem-sucedidas e decisivas. Celebramos esta parceria com a Acronis, não apenas para nos ajudar a analisar e melhorar a qualidade dos dados coletados mas também para protegê-los.", comentou Francesco Calvo, diretor de operações da Roma.

A tecnologia foi desenvolvida por pesquisadores da Universidade de Washington, do Facebook e do Google. E isso tudo só foi possível depois que a FIFA passou a permitir o uso de dois computadores em campo, para análise de dados em tempo real durante as partidas. 

A ferramenta de I.A. combina a realidade virtual e realidade aumentada, o que permite "entrar" dentro de uma jogada e ter visão 3D de um jogador dentro de campo. Assim é possível obter informações reais sobre cada jogada e cada jogador. 

Agora é esperar para ver quais soluções práticas serão indicadas pela Acronis e perceber se os clubes que possuem a ferramenta estão tendo vantagem competitivas no curto e médio prazo.