×
90 segundos de leitura

Por questões políticas, Mkhitaryan está fora da final da Europa League

por Rodrigo


Postado em 21 May 2019 as 11:11 Horas



Os problemas diplomáticos entre o Azerbaijão e a Armênia irão custar a participação do meia Mkhitaryan na grande decisão da Europa League entre Arsenal x Chelsea, no próximo dia 29, em Baku. O Arsenal revelou nesta terça-feira que o jogador armênio não será relacionado para a decisão por causa de sua segurança no local. De acordo com o clube, não há garantias de segurança para o jogador viajar para a capital do Azerbaijão para jogar a decisão da competição.

 

“Nós exploramos todas as opções para Micki fazer parte da equipe, mas depois de discutir isso com ele e sua família, nós concordamos coletivamente que não estará em nosso grupo de viagem. Escrevemos para a UEFA expressando as nossas profundas preocupações sobre esta situação. Micki tem sido um jogador chave na nossa campanha até a final, é uma grande perda para nós do ponto de vista da equipe”, diz o Arsenal em comunicado oficial, complementando.

 

"Estamos muito tristes que um jogador perca uma grande final europeia em circunstâncias como esta, já que é algo que surge muito raramente na carreira de um futebolista.”

 

Mkhitaryan é de nacionalidade armênia, enquanto a decisão da Liga Europa será disputada na capital do Azerbaijão. Os países vive em uma crise diplomática séria desde o processo da dissolução da União Soviética entre o final dos anos 80 e começo da década de 90.

 

O conflito entre as nações consiste no fato de que a maioria na região de Nagorno-Karabakh, no sudoeste do Azerbaijão. No entanto, essa maioria é de origem armênia e vem sendo fortemente representada no parlamento local com um desejo de se separar do país. Foi então que a crise diplomática entre os dois países se deteriorou ao longo do tempo, já que tanto a Armênia e o Azerbaijão já chegaram a traçar uma disputa territorial entre os anos de 1988 e 1994. Em 2016, ambos os países voltaram a entrar em nova disputa territorial e um acordo e paz entre as partes se arrasta até os dias atuais.

Compartilhe: