×
90 segundos de leitura

Sem contratar nenhum reforço, Tottenham vai à final da Champions

por Rodrigo


Postado em 22 May 2019 as 16:04 Horas



O Tottenham acabou surpreendendo a todos ao se classificar para a grande final da Liga dos Campeões. Na verdade, o time inglês contrariou todos os prognósticos ao vencer o Ajax por 3 x 2 e avançar para a decisão do dia 1 de junho contra o Liverpool.

 

Não só pela campanha em si do Tottenham na Champions League, o que mais surpreende é o fato de a equipe não ter investido um centavo sequer em reforços nesta temporada e, mesmo assim, o time chegou à final do torneio, deixando para trás clubes poderosos que investiram pesado para a temporada.

 

Além disso, o Tottenham ainda conviveu com o caos na reta final da construção do seu novo estádio. O clube londrino investiu mais de 5 bilhões de reais em seu novo estádio, que quase se tornou um caos institucional, pois a arena não foi inaugurada a tempo. Era esperado que o time começasse a temporada atual em seu novo estádio, que só foi inaugurado em abril deste ano, com seis meses de atraso.

 

Muitos dizem, principalmente a imprensa inglesa, que o alto investimento do Tottenham em seu novo estádio impediu de o treinador Mauricio Pochettino reforçar o elenco, que precisou ser mantido a qualquer custo para ter um mínimo de sucesso. Isso realmente aconteceu, o time dos Spurs disputará a sua primeira final de Champions na história, superando a equipe da temporada 1961/62, que chegou à semifinal da competição, mas foi derrotada para o Benfica.


O mais curioso disso tudo é que o Tottenham ficou duas janelas sem contratar reforços. Isso por conta de todos os problemas relacionados ao seu novo estádio. Ciente de que sem reforços o time não ia poder brigar pela liderança da Premier League, o Tottenham focou na Champions League como uma alternativa e acabou dando certo.

 

Nesta edição do torneio, a equipe londrina eliminou o Dortmund, o poderoso Manchester City e também o time do Ajax, que jogou o futebol mais bonito desta temporada ao lado do City de Guardiola.

 

O mais curioso de tudo é que o último reforço contratado pelo Tottenham foi o meia-atacante Lucas Moura. O brasileiro chegou em janeiro de 2018 e foi o grande herói da classificação do Tottenham para a semifinal da Champions ao marcar os três gols na vitória por 3 a 2 contra o Ajax.

 

Longe de ser o principal jogador do time, Lucas substituiu muito bem ao atacante Harry Kane nesta reta final de temporada, sendo decisivo e deixando todos os problemas extracampo de lado, levando em conta que a questão do estádio deu uma enorme dor de cabeça aos dirigentes e ao treinador Pochettino que não pode fazer nada em termos de contratações.

 

Agora, depois de uma temporada complicada, o Tottenham pode coroar o bom momento com uma inédita conquista de Champions League. No entanto, o time terá que superar a boa equipe do Liverpool, que não quer encerrar a temporada sem títulos novamente, apesar de bons resultados ao longo desses meses.

 

Compartilhe: