×
90 segundos de leitura

Vice na Europa League, Arsenal deve passar por uma boa reformulação em seu elenco

por Rodrigo


Postado em 31 May 2019 as 13:01 Horas



A temporada 2018/19 do Arsenal voltou a ser decepcionante. Quinto colocado na Premier League, o time londrino ainda conviveu com uma nova decepção ao ser vice-campeão da Europa League ao ser batido pelo Chelsea, por 4 a 1. Os novos fracassos dos Gunners sob o comando agora de Unai Emery deve resultar em mudanças drásticas no elenco.

 

O Arsenal vai para a sua terceira temporada sem disputar a Liga dos Campeões e a perda de protagonismo na Inglaterra segue sendo o ponto de maior preocupação do clube inglês neste momento. Mesmo com a chegada de Unai Emery para a vaga de Wenger, o Arsenal ainda mostra que precisa ser mais ativo no mercado em busca de bons reforços.

 

A ideia do time é manter os jogadores jovens e com potenciais de crescimento e negociar aqueles que já estão há um bom tempo no clube e com a imagem desgastada. A “Sky Sports” apontam que os principais nomes que podem deixar os Gunners neste meio de ano são os zagueiros Koscielny, e Mustafi, além dos meias Xhaka e Özil.

 

Falando particularmente de Özil, a saída do jogador já chegou a ser especulada ainda nesta temporada, mas não acabou se concretizando. A ideia do Arsenal é vender algumas peças que estão desgastadas no elenco para trazer novos nomes para buscar uma retomada de protagonismo no futebol inglês e também nas competições continentais.

 

Uma das críticas para Özil é o fato de o jogador não desempenhar um papel de líder dentro do time dentro de campo. O alemão vive uma carreira de altos e baixos não só no Arsenal, mas também quando esteve defendendo as cores do Real Madrid e Seleção da Alemanha. Por se esperar muito dele, o Arsenal pode negociá-lo em busca de um novo nome.

 

Vale lembrar que outros nomes certos já estão de saída. Aposentado, o goleiro Petr Cech deixará de fazer parte do elenco, assim como o meia Ramsey, que jogará na Juventus e do atacante Welbeck, que não renovará o seu contrato. O experiente suíço Lichtsteiner também corre risco de deixar o clube, aos 35 anos de idade.

 

É certo que Unai Emery seguirá no comando do Arsenal para a próxima temporada, mas o futuro do elenco atual ainda é incerto. Até o início da nova temporada muitas coisas poderão mudar pelos lados do Emirates Stadium.

 

Compartilhe:


Card image cap
Rodrigo
Editor

Quando você ouve que o futebol vai além do que se vê é porque existem pessoas como esse cara. Rodrigão é nosso Guardiola. Acorda, come, vive e respira futebol europeu. Com passagens pelo Grupo Bandeirantes, vem dele a maioria das matérias especiais que você lê por aqui. Ah! Os trocadilhos infames também.

INSTAGRAM (Siga-nos)